Notícias do Governo Federal

Ações nas áreas de inovação, empreendedorismo e gestão vão fortalecer o ensino profissional e tecnológico

beneficiosnewsgoogle

Para fortalecer a Educação Profissional e Tecnológica um pacote de ações foi lançado, nesta quinta-feira (23), pelo Ministério da Educação. São 14 projetos divididos em três eixos: gestão e resultados; articulação e fortalecimento; e inovação e empreendedorismo. O pacote integra o programa Novos Caminhos.

O lançamento foi feito durante a abertura da primeira edição da Semana Nacional da Educação Profissional e Tecnológica que é realizada até o próximo dia 25. O evento marca os 112 anos do ensino profissional no país.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, destacou a importância da Educação Profissional e Tecnológica e disse que os institutos federais e as escolas técnicas serão cada vez mais valorizados.

“O Brasil não conhece a riqueza do ensino, do projeto, da paixão dos professores e de todos que trabalham em institutos federais. Ainda está desconhecido. E é isso que precisamos fazer, crescer e aumentar o número de institutos para que isso possa se replicar”, disse Milton Ribeiro.

Milton Ribeiro afirmou que é grande a demanda do setor produtivo por profissionais com cursos técnicos. “Obtive informações de que hoje o mercado está comprador de cerca de 600 mil vagas técnicas. De elétrica, hidráulica, de tecnologia da informação, de construção, da parte de agropecuária”, disse.

Confira os projetos lançados:

Eixo Gestão e Resultados

Anuário Estatístico da Educação Profissional e Tecnológica – armazena as informações dos cursos profissionalizantes, dos censos da educação básica e superior para subsidiar estudos e políticas, além do desenvolvimento de indicadores da educação profissional e tecnológica.

Monitor de Profissões – plataforma que traz um conjunto de informações como dados do mercado de trabalho, perfil profissional e remuneração média. Permite que os estudantes possam se orientar quanto a carreira. É aberto também para gestores, docentes, pesquisadores e empresas que terão acesso aos dados associados ao contexto da educação profissional e tecnológica.

Painel de Fomento da Bolsa Formação – painel desenvolvido para dar maior transparência e efetividade às iniciativas de fomento do Bolsa Formação.

Eixo Articulação e Fortalecimento

Plataforma Aprenda Mais – ambiente virtual de oferta de cursos gratuitos. Tem a meta de capacitar 160 mil estudantes em 2022 e 547 mil estudantes até 2024.

Mapa de Demandas 2.0 – possibilita identificar demandas regionais por qualificação profissional. Visa promover o alinhamento da oferta de qualificação técnica e profissional à real necessidade do mercado de trabalho.

Qualifica Mais, Emprega Mais – tem o objetivo de potencializar a entrada de estudantes egressos no mercado de trabalho por meio da qualificação profissional. As ofertas são desenhadas a partir de contatos com o setor produtivo. Lançamento da segunda edição da iniciativa a partir do Mapa de Demandas

Qualifica Mais EnergIF – atende aos objetivos do Programa EnergIF que busca melhorar a eficiência energética da rede federal. As ações são para ampliar a oferta de profissionais no segmento das energias renováveis.

Curso de Mentoria para a Educação Profissional e Tecnológica – para capacitar professores do Ensino Fundamental II e Ensino Médio para atuarem como orientadores dos estudantes nas suas escolhas de itinerários formativos. Vai capacitar 10 mil professores até 2022.

Curso de Docência para a Educação Profissional e Tecnológica – curso de Pós-Gradução Lato Sensu para a Educação Profissional e Tecnológica destinado a formação de professores. A meta é formar 10 mil professores até 2022.

Re-Saber – proporcionará certificação profissional a trabalhadores que reúnem saberes e competências adquiridos em ambientes não-escolares. O programa avança para a segunda fase.

Eixo Inovação e Empreendedorismo

If + Mais Empreendedor – iniciativa que incentiva o empreendedorismo mobilizando estudantes, professores e técnicos em atividades práticas de assessoria a empreendedores e micro e pequenas empresas para remodelar negócios que tiveram impactos negativos provocados pela Covid-19. Lançamento da segunda edição do projeto. Busca atender mais de 2 mil empreendimentos até o final de 2022.

Projeto para o Desenvolvimento de Indicação Geográfica – aproxima os institutos federais de arranjos produtivos locais. Busca assim estabelecer cooperação para estimular setores produtivos específicos.

Oficinas 4.0 – apoia o desenvolvimento de projetos de inovação e empreendedorismo relacionados às novas tecnologias digitais aplicáveis ao mundo do trabalho.

Intech Challenge – maratona digital na qual estudantes da educação profissional e tecnológica constroem projetos e soluções inovadores para a indústria e o comércio.

Estímulo à educação profissional

Os projetos lançados nesta quinta-feira estão estruturados dentro dos eixos do programa Novos Caminhos que iniciou as atividades em 2019 para estimular a educação profissional e tecnológica e facilitar a entrada dos jovens no mercado de trabalho.

A iniciativa tem o objetivo de fortalecer essa modalidade da educação traçando estratégias para alinhar a oferta de cursos às demandas do setor produtivo e apoiar a implementação do itinerário da formação técnica e profissional no ensino médio, entre outros.

Semana Nacional da Educação Profissional e Tecnológica

A semana tem o tema Educação Profissional e Tecnológica: um caminho para o futuro. Ao longo de três dias ocorrerá a primeira Exposição da Educação Profissional e Tecnológica com a apresentação de projetos, pesquisas e tecnologias desenvolvidas pelas instituições que compõem a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica e dos Sistemas Nacionais de Aprendizagem.

To Top